Prêmio Bibi Ferreira | 2ª EDIÇÃO
298
page-template-default,page,page-id-298,page-parent,ajax_fade,page_not_loaded,,select-theme-ver-3.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive
 

2ª EDIÇÃO

2° Edição 2013/2014

Clique aqui e veja lista de indicados.

A Cerimônia do 2° PRÊMIO BIBI FERREIRA  foi realizada no dia 14 de Outubro de 2014 no histórico Theatro São Pedro, em São Paulo, e reuniu as grandes estrelas do musical em mais uma emocionante noite de gala.

A cerimônia que envolveu uma equipe de 140 profissionais, entre artistas, equipe criativa, técnica e produção, todos sob a coordenação de Marllos Silva, o idealizador do Prêmio.

Clique aqui e veja fotos da cerimônia

Clique aqui e veja fotos dos Bastidores

O teatro musical brasileiro reunido

Foto: Náira Messa

A celebração contou mais uma vez com ALESSANDRA MAESTRINI como a Mestre de Cerimônias, além das estrelas do teatro musical como anfitriões de cada categoria.

MAESTRINI abriu a cerimônia com o seu monologo que falava sobre a dificuldade de se fazer um musical, e do preconceito que o gênero sofre, e por conta disso iria fazer um MUSICAL CABEÇA, acompanhada pelo elenco estelar e a Orquestra do Prêmio Bibi Ferreira. Com composição de DANIEL SALVE e orquestração de CARLOS BAUZYS, explicou como faria o seu musical cabeça.  

Clique aqui e veja o número de abertura

Dando início as premiações SARA SARRES entregou o prêmio nas categorias MELHOR DESENHO DE SOM, Gabriel D’Angelo – A Madrinha Embriagada (clique aqui e veja o discurso) e o MELHOR DESENHO DE LUZ, Ney Bonfante – Jesus Cristo Superstar. (clique aqui e veja o discurso)

KIARA SASSO subiu ao palco para premiar as categorias MELHOR ROTEIRO ORIGINAL, João Falcão – Gonzagão, A Lenda (clique aqui e veja o discurso) e MELHOR VERSÃO, Claudio Botelho – Shrek, O Musical (clique aqui e veja o discurso).

A Marinha Embriagada – Foto: Náira Messa

Pela primeira vez os musicais indicados na categoria MELHOR MUSICAL se apresentaram, e para abrir os trabalhos A MADRINHA EMBRIAGADA, apresentou o número MEUS PÉS, com Ivan Parente, Edgar Bustamente, Frederico Reuter e Elton TowerseyClique aqui e veja o número.

Para entregar as categorias de MELHOR CENOGRAFIA, Marcos Flaksmann, Elis – A musical (clique aqui e veja o discurso) e MELHOR FIGURINO, Fause Haten – A Madrinha Embriagada, (clique aqui e veja o discurso) subiu ao palco MARCOS TUMURA.

Elis, A Musical – Foto: Náira Messa

Laila Garin e Delia Fischer encheram o palco na sua emocionante apresentação de COMO OS NOSSOS PAIS, número musical que integrou o roteiro musical do indicado a melhor musical ELIS, A MUSICALClique aqui e veja o número.

JAMIL DIAS, membro do comitê de premiação, subiu ao palco para entregar a primeira MEDALHA ARTHUR AZEVEDO, ao SESI/SP e o ATELIER DE CULTURA pelo PROJETO EDUCACIONAL EM TEATRO MUSICAL DO SESI. (clique aqui e veja o discurso), subiram ao palco para receber as medalhas o Prof. Walter Vicione e Cleto Baccic, representando as entidades respectivamente.

HUGO BONEMER foi o nosso anfitrião na categoria ATOR/ATRIZ REVELAÇÃO que premiou Tiago Barbosa, O Rei Leão. (clique aqui e veja o discurso). Na sequência Hugo entregou a categoria de MELHOR DIREÇÃO MUSICAL, Alexandre Elias, Gonzagão – A Lenda.  (clique aqui e veja o discurso)

Crazy For You -Foto: Náira Messa

Mais um indicado a MELHOR MUSICAL tomou o palco do Theatro São Pedro para se apresentar, desta vez Jarbas Homem de Mello liderou o elenco de CRAZY FOR YOU que apresentaram Slap That Bass. Clique aqui e veja o número.

TÂNIA ALVES premiou nas categorias MELHOR ATOR COADJUVANTE, Frederico Silveira – Jesus Cristo Superstar (clique aqui e veja o discurso) e MELHOR ATRIZ COADJUVANTE, Kiara Sasso – A Madrinha Embriagada.

Gonzagão A Lenda – Foto: Náira Messa

Desta vez, o musical brasileiro GONZAGÃO, A LENDA, indicado a MELHOR MUSICAL colocou todo mundo para se emocionar com seu ASSUM PRETO, interpretado por Adren Alves e Marcelo MimosoClique aqui e veja o número.

Marllos Silva subiu ao palco para proporcionar O MOMENTO MAIS EMOCIONANTE DA NOITE, com o curto discurso de “Existem estrelas, existem as grandes estrelas e existem os mitos. Com Vocês BIBI FERREIRA.” Fez o teatro todos se levantar para receber Bibi Ferreira. Que encantou a plateia com seu discurso. E antes de sair foi ovacionada pela plateia. clique aqui e veja o discurso.

Na sequência Silva entregou a escolha do Público MELHOR MUSICAL – VOTO POPULAR, A Madrinha Embriagada, Atêlier de Cultura (clique aqui e veja o discurso)

JARBAS HOMEM DE MELLO premiou a categoria de MELHOR COREOGRAFIA, Alonso Barros, Elis – A Musical (clique aqui e veja o discurso) e MELHOR DIREÇÃO, João Falcão, Gonzagão – A Lenda. (clique aqui e veja o discurso)

Marllos Silva retornou ao palco para entregar a MEDALHA ARTHUR AZEVEDO, desta vez a medalha foi entregue a VICTOR BERBARA, produtor responsável por introduzir o teatro musical americano no Brasil e produzir sucessos como My Fair Lady e Alô, Dolly ambos com Bibi Ferreira estrelando, Promisses, Promisses, Evita e muitos outros. clique aqui e veja o discurso

Na sequência o palco recebeu Olivia Mesquita, para interpretar Maria Madalena em EU NÃO SEI COMO AMÁ-LO, do indicado a MELHOR MUSICAL, JESUS CRISTO SUPERSTAR.

SAULO VASCONCELOS foi o responsável por entregar as estatuetas nas categorias MELHOR ATOR, Jarbas Homem de Mello, Crazy For You e MELHOR ATRIZ, Laila Garin, Elis – A Musical.

ALESSANDRA MAESTRINI foi a responsável por entregar os mais esperados prêmios da noite MELHOR MUSICAL BRASILEIRO, Gonzagão – A Lenda e MELHOR MUSICAL, Crazy For You.

Les Miserables – Theatro São Pedro – 13.10.2014

Para encerrar a noite especial o elenco da montagem original de LES MISÉRABLES, se reuniu para apresentar o número ONE DAY MORE.